Site acessível em libras
Tamanho das fontes

FESTA DAS NAÇÕES: OUTRA VEZ SUCESSO ABSOLUTO!

Em 20/06/2017 às 16:54

Entre os dias nove e onze de junho, aconteceu a FESTA DAS NAÇÕES, um tradicional evento realizado pela diretoria da APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Botucatu, que visa, unicamente, angariar recursos para a continuidade dos serviços prestados a um “montão” de pessoas com limitações de todos os níveis. Aliás, no domingo, dia do encerramento das festividades tive a grata satisfação de estar presente e pude, mais uma vez, ver o poder da união de forças e do ato de “se dar as mãos”.  Incrível a quantidade de voluntários se dedicando em prol do sucesso dessa causa; algo “pra” lá de admirável.

Nos três dias do evento “rolaram” muitas atrações, entre as quais, demonstração dos mais variados trabalhos artesanais feitos por alunos/pacientes dessa instituição que, como muitas outras existentes por este Brasil afora, cumprem com maestria o seu papel, mas que não tem o devido reconhecimento dos governantes na sua manutenção, por isso a realização de “festanças” assim para sobreviver. Os trabalhos estavam expostos para venda nas barracas. A entidade promove anualmente esse congraçamento afetivo entre os convidados e amigos que prezam (muito) sua filosofia.

Vários artistas da voz se apresentaram por lá e, se isso não bastasse, na domingueira foi servido apetitoso almoço (macarronada italiana), preparado conjuntamente por alguns companheiros do Rotary Clube “Cidade Alta” e, diversos “cozinheiros” diferenciados: uns, funcionários da APAE e outros, voluntários da comunidade botucatuense.

Durante os dias de festa foi mostrado a “nóis”, visitantes, o comprometimento de um “punhado” de empresas “botucudas”, que tem, em seu perfil de atuação, o compromisso de abraçar “causas” dessa grandeza. Por sinal, muitas lá estiveram e aproveitaram o momento para “vender o seu peixe” e dar sua contribuição à entidade, e outras, como o CAFÉ TESOURO, que vive uma história completamente diferente.

A família GUIMARÃES, proprietária do Café Tesouro – aliás, tem que ser dito que ao longo do ano essa empresa pioneira aqui no município, não contribui somente com a APAE, muitas outras entidades assistenciais da terrinha recebem o tradicional “Café Tesouro” diariamente – por ter nessa “casa” abençoada chamada APAE, um filho nobre que usufrui de todas as “mordomias” oferecidas pela instituição, montou uma “barraca” no local e ofereceu durante os três dias de festas, cafezinho a todos os convidados que visitaram aquela tradicional feira beneficente. Que maravilha! Eu mesmo, na minha passagem por lá, tomei um delicioso cafezinho e troquei algumas figurinhas com o querido Presidente José Armando Pescatori, um cidadão desses que está em extinção neste país repleto de corruptos e de políticos safados, e a sua “alma gêmea”, a professora Marilice Basseto Pescatori.

Pena que não participei com afinco das festividades, estive presente apenas no domingo. Gostaria de ter mais subsídios para relatar aos meus leitores tudo o que de bom aconteceu por lá, mesmo porque, temos que abraçar tudo o que essas entidades sofridas realizam visando as suas sustentações, e este evento sempre deu um avanço enorme no cotidiano da APAE.

Enfim, como voluntário nato e “solidário de carteirinha”, a maior prova deste meu ser foi o título de “CIDADÃO BENEMÉRITO” que recebi da Câmara dos vereadores de Botucatu, no ano de 2002, através de uma propositura do então vereador Professor Antonio Luiz Caldas Junior, cumprimento todos os funcionários da APAE (próximo de cem); os colegas de diretoria do amigo Pescatori e um número grande de cidadãos do bem, que deram contribuições maiúsculas trabalhando gratuitamente como verdadeiros “peões”, nos três dias dessa grandiosa festança. Aos alunos/pacientes ou atendidos da APAE, o meu carinho e o meu fraternal abraço!

Também, bem ao meu estilo, abraço todos os empresários botucatuenses que, mesmo vivendo momentos de uma crise sem dimensões, “fizeram a sua parte” no quesito PATROCÍNIO.

Por fim, a minha mais profunda admiração aos integrantes do grupo ABAYOMI, que esbanjaram talento em duas apresentações folclóricas ocorridas na sexta-feira e no domingo. Esse grupo é composto, na sua totalidade, por alunos/pacientes e/ou atendidos pela entidade e por seus respectivos professores de Percussão e música. Parabéns a todos!

UM EXEMPLO DE CIDADANIA A SER SEGUIDO!

Enquanto por este Brasil afora alguns “poderosos” buscam encontrar saídas para amenizar um pouco o caos enfrentado por um dos principais ministérios da República (o Ministério da Educação) por conta dos problemas enfrentados pela população brasileira, em relação à educação dos nossos filhos, o Colégio La Salle aqui da terrinha, senão a mais completa, com certeza uma das mais renomadas escolas do Estado, trabalha arduamente nesse desenvolvimento almejado.

Neste complexo estudantil muitíssimo respeitado, tão logo a criança seja incluída na pré-escola (Jardim I, Jardim II e Pré), ciclos que antecedem o aprender a ler e escrever, os alunos já estão sendo preparados para um compromisso que falta no currículo de muitos “peixes grandes” existente neste país totalmente injusto com a sua gente, ou seja, o EXERCÍCIO DE CIDADANIA.

Vamos lá. Já há alguns anos, uma atitude merecedora de todos os nossos elogios tem tomado conta dos alunos (de todas as classes) do colégio. Por iniciativa de alguns mestres Lassalinos, muito especialmente a Professora Nilcea Arruda, uma senhora que consegue transmitir através das suas atitudes, um bem viver de causar inveja aos seus orientados, uma grandiosa GINCANA (quem não conhece essa tradicional brincadeira que sempre traz frutos positivos aos seus idealizadores?) se realiza no colégio. Os alunos são chamados para participar (todos, indistintamente) e dependendo do seu desempenho ao longo do desafio é contemplado com PONTOS na sua avaliação mensal.

“Bão”, isso é maravilhoso para os alunos que, além de pontuarem naquele famoso BOLETIM ESCOLAR, ainda ganham a oportunidade de darem início àquele amadurecimento que os levam a ser CIDADÃOS DO BEM. Por outro lado, os frutos oriundos dessa corrente (seja qual for o donativo) quase sempre vão ao encontro de dificuldades enfrentadas por instituições assistenciais, fato que também resulta numa satisfação exemplar para a escola, uma vez que CIDADANIA tem muito a ver com SOLIDARIEDADE.

Outro ponto positivo nesse tipo de “competição” que também devemos enaltecer se refere à grandeza e ao comprometimento arrojado que toma conta dos participantes; por um lado, essas jovens promessas de um amanhã melhor para todos “nóis” sabem que serão premiados por seus superiores e, por outro, que irão equacionar um grave problema social enfrentado por alguém aqui, ali ou acolá. Isso, além de ser um bravo EXERCÍCIO DE CIDADANIA, ainda dá mostras de ser um corajoso GESTO DE SOLIDARIEDADE, elementos que, sem dúvida alguma, estão em extinção neste Brasil norteado por cidadãos da pior espécie.

Meus parabéns aos diretores Lassalistas, Professores (todos, sem exceção) e principalmente, a essa gurizada que, não tenho dúvidas, farão o nosso Brasil ser muito forte, diferentemente dos dias atuais.

Já que o meu “causo” desta semana tem tudo a ver com SOLIDARIEDADE e GENEROSIDADE cumprimento todos os diretores das Agências Bancárias do Banco SANTANDER da região, muito especialmente o Diretor Regional, Alexandre Piffer e a minha amiga de longa data de ações benevolentes, Maria Fernanda Pascucci, bem como todos os demais funcionários.

As nossas Casas de Apoio, mais uma vez foram contempladas com uma quantidade enorme de caixas de Leite Longa Vida; todas arrecadadas nas agências da cidade e de municípios vizinhos. Queridos amigos, atitudes como esta é que me forçam, mesmo depois de completos quarenta e nove anos de serviço público, a continuar trabalhando sem me preocupar com essa tal APOSENTADORIA. Obrigado a todos!

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com

 

Fonte: https://acontecebotucatu.com.br/colunistas/rubens-almeida/festa-das-nacoes-outra-vez-sucesso-absolut

(14) 3811-1310 - apae@apaebotucatu.com.br
nas redes sociais