Site acessível em libras
Tamanho das fontes
institucional

Histórico

 

O Movimento Apaeano está instalado no Brasil desde 11/12/1954, fundado pela americana Beatrice Bemis, membro do corpo diplomático norte-americano e mãe de uma criança portadora de síndrome de Down. A APAE do Brasil, atual APAE do Rio de Janeiro, teve como sua primeira sede parte de um prédio da Sociedade Pestalozzi do Brasil. O fundador da Escola para crianças excepcionais dentro da APAE foi o Professor La Fayette Cortes. As Oficinas foram de iniciativa da Professora Olívia Pereira.

O Movimento Apaeano é uma grande rede, constituída por pais, amigos, pessoas com deficiência, voluntários, profissionais e instituições parceiras - públicas e privadas - para a promoção e defesa dos direitos de cidadania da pessoa com deficiência e a sua inclusão social.

Atualmente o Movimento congrega a FENAPAES - Federação Nacional das APAEs, 23 Federações das APAEs nos Estados e 2.172 APAEs (2018) distribuídas em todo o País, que propiciam atenção integral a cerca de 250.000 pessoas com deficiência. É o maior movimento social do Brasil e do mundo, na sua área de atuação.

A APAE de Agudos, fundada  em 14/09/1973,  funcionava numa casa alugada na Rua Joaquim Rondina – 391 – Centro – Agudos/SP. Em 25/02/1985 foi inaugurada sua sede própria na Rua XV de Novembro, n° 1418 – Prof. Simões, onde permaneceu até 2009, quando a entidade por necessidade de espaço e de uma sede adaptada ao atendimento da pessoa com deficiência, passou a ocupar sua sede na Avenida Monsenhor José Maria da Silva Paes – nº 225 – Jardim Cruzeiro – Agudos/SP, vendendo a sede antiga para aplicar na execução dos serviços na nova sede.

EDUCAÇÃO ESPECIAL

 

A História da Educação Especial na APAE de Agudos está presente desde a sua fundação em 14/09/1973, porém foi em 06/12/1984 que foi expedida a autorização de funcionamento pela então Divisão Regional de Ensino de Bauru, atual Diretoria Regional de Ensino (DE-Bauru),  com publicação no Diário Oficial do Estado (D.O.E.) – Seção I, São Paulo, 94 (236), quinta-feira, 13/12/1984. Desta forma, somente à partir desta data  que formalmente foi constituída a “Escola de Educação Especial da APAE de Agudos”, para atendimento da Educação Infantil e Ensino Fundamental – Anos Iniciais, mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Agudos.

A APAE de Agudos além de mantenedora da “Escola de Educação Especial da APAE de Agudos”, da sua fundação até 2002, mantinha serviços de saúde e assistência social como apoio, porém nesse momento existia no cenário nacional uma falta de ordenamento do serviço, o que resultou no entendimento de que a instituição se caracterizava como escola.

Mesmo com o conhecimento da Declaração de Salamanca (Espanha, 1994) pouco foi modificado no sistema de recebimento dos alunos na instituição. Até 2002 a “Escola de Educação Especial da APAE de Agudos” recebia encaminhamentos das escolas municipais, de médicos, além da procura espontânea da própria família que percebia algo diferente com seu filho, efetuando a primeira matrícula da criança, sem    que, em algumas vezes, passasse pela Escola Comum.

Após 2002 começou uma movimentação de inclusão dos alunos, com bastante resistência das famílias, da sociedade e dos próprios colaboradores da instituição, porém com persistência da Gestão da APAE de Agudos, conforme demonstra tabela abaixo. E à partir de 2008, com a publicação da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva e demais legislação sobre Educação Especial, a “Escola de Educação Especial da APAE de Agudos”, modificou seu Regimento Escolar passando para 21 anos o limite de idade para frequenta-la, com a devida homologação da Diretoria de Ensino de Bauru.

Desta forma, iniciou-se uma retirada gradativa dos alunos com 21 anos ou mais, além da continuidade de encaminhamentos para a Escola Comum daqueles em idade escolar, que segue:

 

Ano

Alunos Matriculados²

no início do ano

Alunos Inclusos

Abandono

Transferência¹

Óbito

Terminalidade Escolar

2002

98

15

--

--

--

0

2003

83

04

--

--

--

0

2004

94

04

--

--

--

0

2005

67

03

--

--

--

0

2006

53

06

--

--

--

0

2007

70

04

--

--

--

05

2008

66

07

--

--

--

14

2009

37

09

0

0

01

07

2010

20

01

0

0

0

01

2011

20

02

03

0

0

01

2012

08

0

01

0

0

0

2013

09³

0

0

0

0

01

2014

09

0

0

01

0

02

2015

07

0

0

01

0

03

2016

03

0

0

0

0

02

2017

01

0

0

0

0

0

2018

01

0

0

0

0

01

-- Não tem registro

¹ Transferência entre APAEs e/ou da Escola Comum, podendo ser de Inclusão ou de Encaminhamento para outra Unidade de Ensino.

²  Matrícula considerada no início do ano Letivo

³ Retorno da Inclusão de 2 Alunas 

A determinação da instituição mantenedora de acompanhar a legislação, realizando um esvaziamento gradativo da “Escola de Educação Especial da APAE de Agudos” até seu efetivo fechamento no ano de 2018.

Desta forma, a mantenedora resolveu manter dois serviços dentro da Área da Educação Especial, a “Escola” (até 2018) e o “Centro de Atendimento Educacional Especializado – CAEE” (à partir de 2009 e em andamento - 2018).

Importante também relatar a maneira com que a instituição mantenedora chegou à essa proposta. Em meados de 2007 houve uma grande movimentação das APAEs referente à uma cartilha chamada de “Cartilha da Inclusão”, mas intitulada oficialmente como “O acesso de alunos com deficiência às Escolas e Classes Comuns da Rede Regular” lançada pela Procuradora da República de São Paulo Dra. Eugênia Augusta Gonzaga Fávero. Naquele momento os ânimos estavam bastante alterados no movimento apaeano com passeatas, matérias jornalísticas, abaixo assinados e mandados de segurança contra a Procuradora. Mas a APAE de Agudos buscou antes de mais nada a compreensão da situação, para então se posicionar. Dentro dessa postura, a entidade procurou dialogar com a Dra. Eugênia por e-mail e por telefone, e também procurou a Dra. Maria Teresa Eglér Mantoan (UNICAMP), grande nome de influência na Educação Especial, e no Ministério da Educação a Dra. Claudia Pereira Dutra responsável pela Educação Especial no MEC.

Depois de contatar todas essas figuras no cenário da Educação Especial brasileira, estudar a legislação brasileira e os acordos internacionais, pôde-se compreender que a inclusão era inegociável e indiscutível. Diante disso, foi elaborado um plano estratégico para iniciar a ressignificação dos serviços da APAE de Agudos, prevendo alterações que iniciariam em 2009 e chegaria ao mínimo desejado em 2012.

O ano de 2007 e parte de 2008 foram utilizados para estudar e pesquisar as alterações que seriam necessárias segundo a legislação posta pela Política Nacional de Educação Especial da APAE de Agudos. Já em meados de 2008 foi organizada uma operação de atividades grupais diferenciadas de apoio à escola comum, como preconizada a Política.

No final de 2008 foi realizada uma cerimônia de encerramento da vida escolar de 14 alunos, que iria ser recebido por Programas criados na Área da Assistência Social da própria instituição. A Cerimônia, tipo formatura, foi realizada na sede do Rotary Club de Agudos com a presença das famílias das pessoas com deficiência, autoridades, membros da Diretoria Executiva da APAE de Agudos e colaboradores.

Em 2009 a organização em grupos foi aprimorada para atendimento em salas ambientes, de forma grupal e individual, bem como foi realizada a busca pela autorização de funcionamento do Centro de Atendimento Educacional Especializado – CAEE, com consultas à Diretoria de Ensino de Bauru, Conselho Estadual de Educação, Ministério da Educação (MEC) e Conselho Nacional Educação (CNE). Mas somente em 17/12/2010 o Conselho Municipal de Educação expediu a autorização para funcionamento do CAEE, a Secretaria Municipal de Educação expediu a autorização em 03/01/2011 e o MEC/CNE se manifestou em 31/01/2011 sobre consulta realizada 20/09/2010, reforçando a materialidade da Autorização do Conselho Municipal de Educação. À partir de então o CAEE funciona regularmente mantido pela APAE de Agudos até a presente data (2018).

Confira o quadro com Fluxo de alunos no Centro de Atendimento Educacional Especializado:

Ano Referência

Nº de Alunos

2010

23

2011

34

2012

51

2013

35

2014

37

2015

46

2016

28

2017

27

2018

37

 

Em 2016 a Instituição encaminhou um Projeto para o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA), intitulado “Estimulação Precoce na Educação Especial”, objetivando atender 25 crianças de 3 à 6 anos, matriculadas na Educação Infantil, que apresente atraso no desenvolvimento psicomotor, tendo ou não diagnóstico, mas que a queixa escolar tenha relação ao seu desenvolvimento escolar. O Projeto foi aprovado com financiamento total do referido Conselho para execução por 12 meses, em 2017, se estendendo até Maio/2018, quando novo processo foi aprovado, dando continuidade ao serviço.

 

ASSISTÊNCIA SOCIAL

 

Na Área da Assistência Social os serviços foram tomando forma a medida que na Área da Educação Especial da própria instituição foi expedindo a Terminalidade Especifica (2009), tornando necessária a criação de outros serviços que viessem ao encontro das necessidades das pessoas com deficiência que estavam deixando a Área da Educação. Por isso, foram criados os grupos de atendimento denominados inicialmente como Grupo de Apoio, e posteriormente com a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, Resolução 109, de 11/11/2009, foi identificado como Serviço de Proteção Social Especial para pessoas com deficiência e suas famílias. E na tentativa de facilitar a pronuncia adotou-se a sigla “SEPED” até 2014, e à partir de 2015 a sigla utilizada ficou “SEPSOCIAL”. Desta forma, foram formados grupos para atendimento, objetivando a qualidade de vida e a busca pela independência e autonomia.

Para atendimento da Família na Área da Assistência Social também foi necessário redefinir a oferta de serviço com o serviço intitulado “SEPED Família” e posteriormente “SEPSOCIAL Família”, com o objetivo de diminuir a sobrecarga do cuidador, trabalhando com a saúde mental, dentro da lógica de “cuidando do cuidador”.

Então no sentido de aprimorar os serviços e melhor nominá-los, à partir de 2015 foi chamado SEPSOCIAL Família todo e qualquer serviço oferecido à família e/ou cuidador, tais como  Pronto Atendimento, atendimento grupal “Cuidando do Cuidador”, “Tenho um filho com deficiência. E agora?” para as familiares do CAEE, e “Deficiência. Será?” para famílias do Programa de Estimulação Precoce/Oportuna da Área da Saúde. E SEPSOCIAL/PCD todo e qualquer serviço direcionado à pessoa com deficiência atendida pela APAE de Agudos, tais como atendimento grupal de pedagogia, Fonoaudiologia, psicologia, informática, arte, etc.

Desta forma, importante reforçar que o público alvo dos serviços oferecidos pela APAE de Agudos, na Área da Assistência Social, os chamados usuários são: 1) Pessoa com deficiência e 2) Família da pessoa com deficiência, conforme Tipificação.

 

1.1-         DIRETORIAS DE TODOS OS TEMPOS

1ª Diretoria

De: 14/09/1973

Á: 31/12/1976

Cargo

Nome

Presidente

Dra. Yvette Perni Andem

1º Vice Presidente

Sr. Dirceu Luciano

2º Vice Presidente

Sr. João Travaini

Secretário

Sr. Nilson A. Paschoal

Tesoureiro

Dr. Altair Mendes Castilho

1º Conselheiro Fiscal

Sr. Roberto Fogaguoli

2º Conselheiro Fiscal

Sr. Oswaldo Jallauezi

Procurador da APAE

Dr. Aquiles Benedito Sormani

2ª Diretoria

De: 11/01/1977

Á: 31/12/1978

De: 01/01/1979

Á: 31/12/1980

Cargo

Nome

Presidente

Neusa Franco Szelpal Milaré

1º Vice Presidente

Dilma S. Damante

2º Vice Presidente

Norah Franco I. Riva/Ana Tendolo Aguiar

1º Tesoureiro

Lúcia de Oliveira Lima Paschoal

2º Tesoureiro

Maria Aparecida Delazari

1º Secretário

Aristeu Alves/Rubens A. Benazio

2º Secretário

Ana Tendolo Aguilar/Norah F. S. da Riva

Conselheiro Fiscal

Dr. Fausto de Marco

3ª Diretoria

De: 01/01/1981

Á: 31/12/1982

Cargo

Nome

Presidente

Neusa Franco Szelpal Milaré

1º Vice Presidente

Heber Mario Paschoal

2º Vice Presidente

Vlademir Carlos Pedroso

1º Tesoureiro

Lucia de Oliveira Lima

2º Tesoureiro

Antonio Carlos Martins

1º Secretário

Cerina Bianerdi

2º Secretário

Maude Benjamim Delazari

4ª Diretoria

De: 01/01/1983

Á: 31/12/1984

Cargo

Nome

Presidente

Neusa Franco Szelpal Milaré

1º Vice Presidente

José Afonso Barbosa Condi

2º Vice Presidente

Luiz Alberto do Livramento Doca

1º Tesoureiro

Lucia de Oliveira Lima Paschoal

2º Tesoureiro

Antonio Carlos Martins

1º Secretário

Elisa Aparecida Magnani

2º Secretário

Maria Guilhermina Siqueira

5ª Diretoria

De: 01/01/1985

Á: 05/02/1987

Cargo

Nome

Presidente

Tereza Ivonete Perni

1º Vice Presidente

Laura Fogolin

2º Vice Presidente

Maria Camila Damante

1º Tesoureiro

Edinês Maria Sormani/Soeli A. Alves

2º Tesoureiro

Antonio Carlos Martins

1º Secretário

Elisa Aparecida Magnani

2º Secretário

João Lucio Garcia

6ª Diretoria

De: 06/02/1987

Á: 15/02/1989

Cargo

Nome

Presidente

Antonio Reynaldo Paschoal

1º Vice Presidente

Vera Antonio Rondina Santos

2º Vice Presidente

Neusa S. Milaré/Lucia O. L. Paschoal

1º Tesoureiro

Sidnéia Aparecida Araújo/Neusa S. Milaré

2º Tesoureiro

Walter Paulo Paludeto

1º Secretário

João Lucio Garcia

2º Secretário

José Renato Dalbeto

7ª Diretoria

De: 16/02/1989

Á: 29/06/1990

Cargo

Nome

Presidente

Antonio Carlos Rondina

1º Vice Presidente

Marcos Antonio Delazari

2º Vice Presidente

Eraldo Bacelar

1º Tesoureiro

Luiz Lopes Neves Junior

2º Tesoureiro

Lucia Maria Sanches Soares

1º Secretário

Renata Santarém Paschoal

2º Secretário

Márcio Augusto Franco Santana

8ª Diretoria

De: 01/06/1990

Á: 24/06/1992

Cargo

Nome

Presidente

Marco Antonio da Silva

1º Vice Presidente

Lourival de Assis

2º Vice Presidente

Norah S. T. da Riva

1º Tesoureiro

Odair Pizano

2º Tesoureiro

Neila Maria de Oliveira Barros

1º Secretário

Silvia Maria Piscinelli

2º Secretário

Fátima T. C. Françoso

9ª Diretoria

De: 01/06/1992

Á: 25/06/1994

Cargo

Nome

Presidente

Lourival de Assis

1º Vice Presidente

Norah da Riva

2º Vice Presidente

Marco Antonio da Silva

1º Tesoureiro

Emerson de Mello/Maria José de Conti

2º Tesoureiro

Maria José de Conti/Lúcia Rivalene

1º Secretário

Regina Célis Develis

2º Secretário

Rozonil Vancim

10ª Diretoria

De: 01/06/1994

Á: 28/06/1996

Cargo

Nome

Presidente

Wladimir de Vincenzo

1º Vice Presidente

Lourival de Assis/João Henrique Camargo

2º Vice Presidente

João H. Camargo/Mário J. Monteiro

1º Tesoureiro

Romildo R. Fognella

2º Tesoureiro

Dino Cláudio Monteiro

1º Secretário

Márcia Adriana Fabro/Carlos R.  de Souza

2º Secretário

Raimundo Nascimento/Lucinei Vincenzo

11ª Diretoria

De: 28/06/1996

Á: 24/08/1998

Cargo

Nome

Presidente

Wladimir de Vincenzo

1º Vice Presidente

João Henrique Camargo

2º Vice Presidente

Carlos Roberto de Souza

1º Tesoureiro

Márcia Adriana Fabro

2º Tesoureiro

Lucinei de Oliveira Vincenzo

1º Secretário

Maria Ermelinda Goes Lopes Monteiro

2º Secretário

Dino Cláudio Monteiro

12ª Diretoria

De: 24/08/1998

Á: 24/08/2000

Cargo

Nome

Presidente

Edgar Bacelar Soares

1º Vice Presidente

Walter Paludeto

2º Vice Presidente

Marcos Antonio Delazari

1º Tesoureiro

Flávio Pedrolo

2º Tesoureiro

José Augusto Rafacho

1º Secretário

Sérgio Campagnollo

2º Secretário

José Alfredo Catini

13ª Diretoria

De: 24/08/2000

Á: 25/03/2002

De: 25/03/2002

Á: 31/12/2004

Cargo

Nome

Presidente

Edgar Bacelar Soares

Vice Presidente

Walter Paludeto

1º Secretário

José Alfredo Catini

2º Secretário

Flávio Pedrolo

1º Diretor Financeiro

José Augusto Rafacho

2º Diretor Financeiro

Marcos Antonio Delazari

Diretor de Patrimônio

Fábio Ghiraldello Calzavara

Procurador Geral

Oswaldo Trujillo Fernandes

14ª Diretoria

De: 13/01/2005

Á: 31/12/2007

Cargo

Nome

Presidente

Jair Paludeto

Vice Presidente

Eraldo Bacelar/Marcos Antonio Delazari

1º Secretário

Walter Paludeto

2º Secretário

José Alfredo Catini

1º Diretor Financeiro

José Augusto Rafacho

2º Diretor Financeiro

Edgar Bacelar Soares

Diretor de Patrimônio

Sergio de Abreu Camargo

Procurador Geral

Miguel Simões

 

15ª Diretoria

De: 01/01/2008

Á: 31/12/2010

De: 01/01/2011

Á: 31/12/2013

Cargo

Nome

Presidente

Jair Paludeto

Vice Presidente

Marcos Antonio Delazari

1º Secretário

Walter Paludeto

2º Secretário

José Alfredo Catini

1º Diretor Financeiro

José Augusto Rafacho

2º Diretor Financeiro

Edgar Bacelar Soares

Diretor de Patrimônio

Sergio de Abreu Camargo

Procurador Geral

Miguel Simões

 

 

16ª Diretoria

De: 01/01/2014

Á: 31/12/2016

Cargo

Nome

Presidente

Jair Paludeto

Vice Presidente

René Duarte Fayad

1º Secretário

Walter Paludeto

2º Secretário

José Alfredo Catini

1º Diretor Financeiro

Wladimir de Vincenzo

2º Diretor Financeiro

Edgar Bacelar Soares

Diretor de Patrimônio

João Henrique Camargo

Procurador Geral

Benedito Remoli Déo

17ª Diretoria

De: 01/01/2017

Á: 31/12/2019

Cargo

Nome

Presidente

Jair Paludeto

Vice Presidente

René Duarte Fayad

1º Secretário

Walter Paludeto

2º Secretário

José Alfredo Catini

1º Diretor Financeiro

Wladimir de Vincenzo

2º Diretor Financeiro

Edgar Bacelar Soares

Diretor de Patrimônio

João Henrique Camargo

Procurador Geral

Benedito Remoli Déo

 

 

Missão

 

Promover e articular ações de defesa e garantia de direitos, prevenção, orientações, prestação de serviços, atendimento e apoio à família, direcionadas à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e à construção de uma sociedade justa e solidária.

Visão

 

Movimento de pais, amigos e pessoas com deficiência, de excelência e referência no país, na defesa dos direitos e prestação de serviços nas áreas de assistência social, educação especial e saúde.

Valores

 

.  Ética

.  Responsabilidade / Comprometimento / Compromisso

.  Valorização Humana

.  Respeito

.  Integridade

(14) 3262-2060 - diradmfinanc@apaeagudos.org.br
nas redes sociais