Site acessível em libras
Tamanho das fontes
institucional

Histórico

 

A criação da Escola de Educação Especial surgiu a partir de pessoas representantes do poder Executivo e Legislativo, mas a idéia inicial partiu da Professora Maria Nadir Rauber que, após um curso para tratamento de pessoas com deficiência, averiguou que na cidade de Boa Vista do Buricá haviam muitas pessoas nessas condições e que necessitavam de atendimento especializado.

 

             Após algumas reuniões este grupo elegeu uma diretoria na qual ficou Presidente o Dr. José N. Silveira, Vice-presidente Maria Dália Saueressig, Tesoureira Inês Hoelscher, Vice-tesoureiro Ademir Rodolfo Kreher, Primeira Secretária Maria Preuss e Vice-secretário Otílio Hanauer. Este grupo, mais tarde, elaborou um Estatuto fundamentando a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, APAE de Boa Vista do Buricá. Suas atividades iniciaram-se em 25 de julho de 1983 quando representantes da comunidade reuniram-se para fundar a Escola de 1ª Grau Incompleto Raio de Luz, para Educação Especial, mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, atualmente designada de Escola de Educação Especial Raio de Luz.

 

            No ano de 1983, a escola iniciou suas atividades com 4 alunos matriculados, atualmente conta com 53 alunos matriculados. O espaço físico da escola é de 1.144,62 metros quadrados de área construída. Buscando cada vez mais potencializar e capacitar o aluno portador de Necessidades Educativas Especiais.

 

            Segundo o Estatuto, Artigo 2º, a APAE de Boa Vista do Buricá é uma associação civil, beneficente, com atuação nas áreas de assistência social, educação, saúde, prevenção, trabalho, profissionalização, defesa e garantia de direitos, esporte, cultura, lazer, estudo, pesquisa e outros, sem fins lucrativos ou de fins não econômicos, com duração indeterminada, tendo sede na Rua Santa Clara, nº 49, bairro centro, e foro no município de Três de Maio, estado de Rio Grande do Sul.

 

            De acordo com o artigo 9º deste mesmo estatuto, são os seguintes fins e objetivos desta APAE, nos limites territoriais do seu município, voltados a promoção de atividades de finalidades de relevância publica e social em especial:

            I.Promover a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência, preferencialmente intelectual e múltipla, e transtornos globais do desenvolvimento, em seus ciclos de vida: crianças, adolescentes, adultos e idosos, buscando assegurar-lhes o pleno exercício da cidadania;

            II. Prestar serviços de habilitação e reabilitação ao público definido no inciso I deste artigo, e a promoção de sua integração à vida comunitária no campo da assistência social, realizando atendimento, assessoramento, defesa e garantia de direitos, de forma isolada ou cumulativa às pessoas com deficiência, preferencialmente intelectual e múltipla, e para suas famílias;

            III. Prestar serviços de educação especial às pessoas com deficiência, preferencialmente intelectual e múltipla;

            IV. Oferecer serviços da área da saúde, desde a prevenção, visando assegurar uma melhor qualidade de vida para as pessoas com deficiência, preferencialmente intelectual ou múltipla.

Missão

 

          "Promover e articular ações de defesa de direitos e prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, direcionadas à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e à construção de uma sociedade justa e solidária."

Visão

 

Ser a referência na prevenção, nos processos de reabilitação, habilitação e inclusão social da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla.

Valores

 

A APAE de Boa Vista do Buricá atua com os princípios de:

  • Qualidade;
  • Trabalho em Equipe;
  • Ética;
  • Organização;
  • Determinação;
  • Transparência;
  • Empreendedorismo solidário;
  • Responsabilidade social e 
  • Cidadania.

55-3538-1975 - boavistadoburica@apaers.org.br
nas redes sociais