Site acessível em libras
Tamanho das fontes

Projeto Estimulação Essencial

Em 05/03/2018 às 15:39

O PROGRAMA de ESTIMULAÇÃO ESSENCIAL da APAE- ITU, atende crianças de 0 a 3 anos e 11 meses com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, independente do diagnóstico apresentado e crianças de 4 a 5 anos e 1 1 meses com deficiência intelectual elou múltipla.

Através do apoio recebido pelo SUPERCAP, FENAPAES E FEAPAES, A APAE de Itu está mantendo a capacidade e qualidade dos atendimentos. Além de atendimento terapêutico semanal nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, os usuários são atendidos por uma médica pediatra que realiza a avaliação médica, consultas periódicas, prescreve medicação, encaminha para outras especialidades e faz solicitação de exames laboratoriais e de imagens e as famílias acolhidas e orientadas pelo serviço social sobre os direitos e deveres do deficiente entre outros.

 O programa tem como objetivo facilitar e favorecer o desenvolvimento neuropsicomotor da    criança, amenizar e ou evitar sequelas motoras, cognitivas, de comunicação, psicológicas e sensório- motoras, fortalecer os vínculos família-criança e ao mesmo tempo acolher e orientar sobre a importância do papel da família no processo evolutivo e proporcionar oportunidades de percepção do meio físico e social.

Atualmente atende semanalmente 50 usuários de 0 a 03 anos e 11 meses com sequelas diversas, alguns em situação de vulnerabilidade social e precariedade financeira- cultural e 08 usuários de 04 anos a 05 anos e 11 meses (Educação Infantil) que apresentam deficiência intelectual elou múltipla. Os diagnósticos mais frequentes são: Prematuridade, Paralisia Cerebral, Mielomeningocele, Malformações e Síndromes diversas que necessitam de apoio em todas as áreas médicas, terapêuticas e psicossociais.

O Programa de Estimulação Essencial é  de crucial importância para o município, pois é o único serviço de saúde  que oferece atendimento multidisciplinar qualificado para essa clientela dentro de um mesmo espaço físico, o que facilita às famílias dar prosseguimento ao tratamento que na maioria dos casos se estende por tempo indeterminado.

 

 

 

 

 

Fonte: APAE ITU

(11) 4022 4604 - falecom@apaeitu.org.br
nas redes sociais