Site acessível em libras
Tamanho das fontes
institucional

Histórico

 

Denominação: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Socorro – APAE

CNPJ: 49.593.825/0001-56

Natureza Jurídica: Associação Privada

Rua: Joana Reginato Sartori, 110 – Jardim Jussara

CEP: 13960-000

Cidade: Socorro/SP

Telefone: (19) 3895-1522 / (19) 3895-7820

Missão

 

A Escola de Educação Especial “Cidade de Socorro”, situada á Rua Joana Reginato Sartori, 110, Jardim Jussara, em Socorro, São Paulo, jurisdicionado à Diretoria de Ensino – Região de Bragança Paulista, mantida pela Associação de Pais de Amigos dos Excepcionais (APAE) de Socorro, CNPJ nº 49.593.825/0001-56, com base nos dispositivos constitucionais vigentes, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e no Estatuto da Criança do Adolescente, reger-se-á pelo presente regimento. Esta Escola ministra  o Ensino Fundamental a partir de 6 anos, referente aos anos iniciais, em um ciclo único, na modalidade de Educação Especial. A Escola foi criada pela Portaria 11/97 da DEBP, publicada no DOE de 29/09/1997.

 A Escola de Educação Especial  “Cidade de Socorro”, pertencente à mantenedora APAE de Socorro, compartilha e expressa em sua Proposta Pedagógica a missão, os valores e a visão da instituição.

Através de sua atuação escolar,  contribui com a mantenedora na realização da sua missão“promover o desenvolvimento integral e a melhoria da qualidade de vida de pessoas deficientes”.

Sua prática pedagógica deve espelhar os valores professos pela mantenedora, ou seja, as ações cotidianas de todos os agentes educacionais da Escola devem estar baseadas nas afirmações de que:

  • A questão da pessoa portadora de deficiência é responsabilidade de toda sociedade; 
  • Todo ser humano tem potencial para se desenvolver e se transformar;
  • É imprescindível agir com responsabilidade social;
  • A ética, responsabilidade e transparência são princípios norteadores das ações;
  • A união potencializa as ações.

Portanto, a Escola de Educação Especial  “Cidade de Socorro” pauta-se pelas seguintes linhas básicas expressas em seu  Projeto Pedagógico.

  • A pessoa portadora de deficiência é um ser humano dotado de sentimentos, emoções e elaborações mentais. Sua deficiência deve ser entendida como uma de suas múltiplas características e não como a única configuração possível de sua individualidade.
  • A pessoa com deficiência é dotada de desejos e sua manifestação deve ser respeitada e naturalmente aceita.
  • Cada pessoa possui diferentes possibilidades. A escola precisa reconhecê-las e dar a cada uma o tratamento necessário.
  • A sociedade tem a responsabilidade de comprometer-se nas questões da pessoa com deficiência, não podendo atribuir somente aos pais, órgãos públicos e organizações filantrópicas a responsabilidade sobre a questão.
  • A pessoa portadora de deficiência tem seus direitos assegurados.

Com o seu trabalho, a Escola de Educação Especial  “Cidade de Socorro” quer possibilitar o desenvolvimento do potencial da pessoa com deficiência melhorando sua qualidade de vida. Espera, com isso, prepará-la para a vida afetiva, social e de trabalho.

Visão

 

OBJETIVO GERAL:

 Promover, articular ações de defesa  de direitos, prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio a família, direcionadas à melhoria da qualidade de vida das pessoas portadoras de deficiências e à construção de uma sociedade justa e solidária.

 OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

- Expandir o trabalho de conscientização dos familiares de alunos sobre a importância da escola na vida de seu filho.

- Ter alunos mais envolvidos com a escola.

- Professores e funcionários terem memorizados os valores e a missão da escola.

- Aperfeiçoar as relações humanas no corpo docente, administrativo e operacional.

- Garantir o cumprimento das funções previstas no Art. 54 do Regimento e demais legislações vigentes.

- São objetivos desta Escola, além daqueles previstos na lei Federal nº9.394/96

-elevar, sistematicamente, as qualidades de ensino oferecido aos educando;

- formar cidadãos conscientes de seus deveres;

- promover a integração escola e comunidade;

- proporcionar um ambiente favorável ao estudo e ao ensino;

- estimular em seus alunos a participação bem como a atuação solidária junto a comunidade;

-assegurar oportunidades educacionais apropriadas aos jovens e adultos que não puderam efetuar estudos na idade regular;

-oferecer à pessoa com deficiência condições adequada para o desenvolvimento de seu potencial e sua integração e participação na sociedade bem como sua realização pessoal;

- Oferecer programas educacionais adequados, de acordo com o seu interesse, necessidades e possibilidades, abrangendo todos os aspectos que favorecerão  desenvolvimento global do educando, visando sua integração, participação e realização pessoal no meio em que vive.

Valores

 

- Professores e funcionários refletem os valores e a missão da escola nas suas ações.

- Professores e funcionários refletem o relacionamento humano mais eficiente nas suas ações.

  Prioridades:

- Autonomia social e pessoal do aluno.

- Desenvolvimento e instalação gradativa de condutas de trabalho no aluno: assiduidade, pontualidade, tolerância, iniciar e concluir tarefas no tempo previsto, responsabilidade pela produção combinada, compreensão e obediência às normas e hierarquia do local de trabalho, compreensão dos conceitos de qualidade e eficiência, demonstrarem iniciativa, demonstrar preocupação com condutas éticas, demonstrar preocupação com a higiene própria e do ambiente de trabalho.

- Exercício da cidadania pelo aluno com o conhecimento de seus direitos e deveres.

- Transferência pelo aluno de seu aprendizado em sala de aula para o seu cotidiano fora da escola, participando de outros grupos sociais e da rotina familiar.

(19) 3895-1522 - apaesocorro2011@hotmail.com
nas redes sociais